Tasker em destaque: Raja V.

Raja V. é uma vedeta no que toca à presença da TaskRabbit em França. Porquê essa fama? Foi um dos primeiros taskers em Paris! Ainda mais importante é a sua história pessoal: uma história inspiradora de perseverança e de alguém que persegue os seus sonhos. 

Raja veio para Paris estudar com 300 € no bolso. Sem emprego nem apoio financeiro e com um domínio limitado da língua francesa. Vendo-se em maus lençóis para pagar as propinas, teve dificuldade em encontrar uma forma de rendimentos estável até descobrir a TaskRabbit. Agora, não só pagou os estudos com o dinheiro que ganhou como tasker, como ainda poupou o suficiente para enviar dinheiro aos pais.

Pedimos a Raja que partilhasse connosco mais detalhes sobre a sua história, e as respostas que deu não só reiteraram o orgulho que sentimos na nossa plataforma, como foram um verdadeiro testemunho da capacidade da TaskRabbit para transformar vidas.


O que fazia antes de se tornar tasker?

Quando cheguei a Paris pela primeira vez, não tinha qualquer tipo de estrutura de apoio e foi difícil arranjar emprego. A princípio, arranjei uma pequena fonte de rendimento, através da Uber, a recolher trotinetas elétricas, levando-as para minha casa para as carregar durante a noite. Depois, voltava a pô-las na rua às 6h00 todas as manhãs. Passado um mês, percebi que o dinheiro que ganhava não chegava para as minhas despesas. Tinha de arranjar trabalho rapidamente e tive a sorte de conseguir um num restaurante como estafeta a entregar refeições em casa dos clientes. Ganhava um pouco melhor, mas tinha muito pouco tempo para fazer pausas. Muitas vezes, parava no centro comercial e dormia encostado às colunas para descansar. Ao fim de quatro meses, percebi que este horário também estava a prejudicar o meu mestrado, além de continuar a precisar de ganhar mais dinheiro para pagar as propinas.

Qual foi a razão principal para se juntar à TaskRabbit?

Tinha acabado o primeiro ano de estudos quando soube que tinha de pagar a totalidade das propinas até ao mês de setembro, daí a dois meses, ou teria de deixar a faculdade. Com o meu domínio limitado do francês, achei que seria impossível encontrar um emprego a tempo. No entanto, enquanto pesquisava, encontrei o site da TaskRabbit e inscrevi-me para ser tasker. Sinceramente, não esperava ter resposta mas, para minha surpresa, fui contactado por uma representante da TaskRabbit para agendar um encontro presencial para me conhecer. 

Em que medida é que a sua experiência anterior — ou a falta dela — o preparou para as tarefas?

Fui bastante sincero com a representante da TaskRabbit e disse-lhe que nunca tinha usado uma chave de fendas na minha vida. Como é que alguma vez poderia vir a ser tasker? No entanto, ela foi muito motivadora. Disse-me que a empresa facultava imensos conteúdos de formação online e que existiam outros taskers em Paris que podiam ensinar-me as competências necessárias durante tarefas em equipa. Então, inscrevi-me. Recebi de imediato 100 euros como bónus por ser dos primeiros 50 primeiros taskers a aderir em França. Investi esse dinheiro numa caixa de ferramentas nova e em custos de deslocação, o que me ajudou, sem dúvida, a sentir-me mais confiante.

Como é que correu a sua primeira tarefa e como é que finalmente teve sucesso como tasker?

Estava apavorado com a minha primeira tarefa, mas o processo não podia ter sido mais tranquilo. Não só o cliente era muito simpático, como o tasker com quem trabalhei em equipa era extremamente calmo e prestável. Ensinou-me diversas competências e mostrou-me como falar com os clientes sobre o trabalho que íamos realizar. Não podia ter corrido melhor! 

Acabei por fazer cinco tarefas em equipa, antes de ganhar confiança para me aventurar por conta própria. Para minha surpresa, os clientes ficaram bastante satisfeitos com o meu trabalho e deram-me boas avaliações — e, às vezes, até boas gorjetas! Depois de aderir à TaskRabbit, rapidamente fiz 12 000 € — o suficiente para pagar as propinas da minha universidade. Até consegui poupar dinheiro suficiente para enviar aos meus pais, que precisavam desse apoio extra.

Que impacto teve a TaskRabbit na sua vida a longo prazo?

Antes da TaskRabbit, tinha de ajudar os meus pais, pagar as minhas despesas mensais e as propinas — era bastante assustador. A TaskRabbit aliviou a aflição dessas responsabilidades financeiras num curtíssimo espaço de tempo, permitindo-me atingir rapidamente as minhas metas e até mesmo definir novas. Não sei onde estaria sem a plataforma e não me canso de recomendá-la. Até passei a ter tempo livre suficiente para estar com amigos e ver programas da Netflix — algo de que estava mesmo a precisar. Se é uma pessoa empreendedora, gosta de ser o dono do seu destino e, ao mesmo tempo, trabalhar com um horário flexível, então, a TaskRabbit é sem dúvida o ideal para si.


A história de Raja é mais um exemplo incrível de como a perseverança, a criatividade e uma ajudinha da TaskRabbit podem fazer toda a diferença em situações financeiras problemáticas! Mesmo confrontado com os desafios próprios de uma mudança para um novo país, Raja conseguiu enfrentá-los através da sua experiência como tasker. Obrigado, Raja, por partilhar a sua história e continue a partilhar o seu positivismo com o mundo! 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s