9 sugestões para faturar seis dígitos como tasker

Como se chega a um rendimento de centenas de milhares de dólares? Recentemente, a revista Insider publicou um artigo sobre William Young, de 23 anos, formado pela Universidade de Nova Iorque e cujo primeiro emprego foi num armazém da Amazon. Pouco tempo depois, juntou-se à TaskRabbit como forma de ganhar dinheiro, e quando deu conta, ganhava mais de $130 por dia — um limiar que lhe deu o incentivo financeiro para se tornar tasker a tempo inteiro.

Recolhemos nove sugestões do artigo de William, para que tire o máximo partido da sua experiência como tasker. A sua história demonstra que é possível criar e manter um negócio de sucesso através da TaskRabbit, e que a flexibilidade que permite faz a diferença no percurso para o sucesso.

Crie um modelo de negócio à sua medida

1.ª sugestão: dê prioridade às horas faturáveis.

Fotografia de Emily Li

Se gastar mais do seu tempo na tarefa e menos tempo em deslocações ou compras de equipamento e materiais, vai acabar com mais dinheiro no bolso. Para isso, pode optar por categorias que requeiram mais horas ou deem mais oportunidades de divulgar serviços e fazer mais tarefas para um cliente.

Embora optar por categorias de tarefas com mais horas pagas seja vantajoso, lembre-se também de que, quanto mais clientes tiver, mais oportunidades terá de obter boas avaliações e cimentar a sua atividade. A palavra-chave é equilíbrio.

2.ª sugestão: se estiver numa cidade, reduza o mapa da zona de trabalho para encurtar o tempo de viagem 

Se viver numa cidade grande, definir uma zona de trabalho pequena pode ajudar. Uma maior densidade de clientes numa área reduzida pode ser uma mina de ouro, e uma forma mais rápida de desenvolver um negócio com o mínimo de deslocações. 

Se executar tarefas numa zona de trabalho maior que exija mais tempo de viagem, reserve tarefas mais longas para compensar as deslocações. O essencial para um excelente modelo de negócio é manter o equilíbrio entre o tempo de viagem e número de horas faturáveis.

3.ª sugestão: especialize-se numa categoria ou diversifique com categorias de que gosta 

Ao procurar desenvolver competências e experiência, pode ser lucrativo dominar determinada categoria. William passa 85% do tempo em tarefas de instalação (o restante, dedica a ajuda em mudanças e montagem de mobiliário), mas conhece outros taskers que, preferindo reparações e trabalhos de manutenção, conseguem bons rendimentos numa gama de categorias mais vasta. 

Seja qual for a sua escolha, ajuda optar por categorias 1) em que seja experiente e 2) que goste de fazer. As suas competências e energia positiva serão visíveis, o que se traduz em boas avaliações, aprendizagem preciosa e mais atividade.

Otimize o seu negócio

4.ª sugestão: aumente as tarifas lentamente com base no nível de experiência

Quanto mais clientes conseguir, mais experiência terá. Essa experiência pode melhorar a qualidade do trabalho. À medida que as suas competências aumentam, pode lentamente (e com razão) aumentar as tarifas como tasker. Ao receber boas avaliações, mostra a potenciais clientes que tem um historial de sucesso e vale as tarifas que cobra.

Poderá até constatar que os preços que cobra irão eventualmente evoluir em função do volume de trabalho que pretende executar. Embora tenha maiores probabilidades de conseguir maior segurança e garantir uma agenda preenchida com preços mais baixos, arrisca-se a ter tanta procura, que a única forma de encontrar o equilíbrio será aumentar os seus preços. Isso poderá ajudá-lo a conseguir uma agenda menos sobrecarregada sem perder rendimentos.

5.ª sugestão: faça com que a apresentação de competências e experiência fale por si



Fotografia de William Young

O perfil de um tasker é a chave do sucesso. Em cada categoria, tem a oportunidade não só de personalizar a apresentação das suas competências como de partilhar fotos de trabalho anterior. Se as apresentações de competências e experiência forem meticulosas, podem conquistar-lhe clientes.

6.ª sugestão: compre equipamento e materiais com antecedência 

Ao fazer tarefas em determinada categoria ou conjunto de categorias, vai perceber rapidamente de que equipamento e materiais precisa. William sugere comprar equipamento e materiais com antecedência todos os meses para evitar perder tempo precioso que pode investir em tarefas. Ter de ir várias vezes à loja de ferragens não vai gerar mais rendimento!  

7.ª sugestão: prepare-se para o dia seguinte e tire partido das rotinas

Para William, a preparação para o dia seguinte faz parte do seu “ciclo de trabalho”, e por boa razão: consultar a agenda ao fim do dia pode preparar-nos mentalmente para as tarefas que aí vêm. Isto pode implicar deixar o saco de ferramentas à porta, planear uma viagem à loja de ferragens (ver a 6.ª sugestão!) ou decidir o caminho da deslocação. Esta preparação só pode ter um impacto positivo no negócio. 

William também consulta a agenda todas as noites ao jantar. Este é apenas um exemplo de como criar uma rotina pode reduzir a tensão que vem com uma agenda cheia. Outra sugestão é agendar tempo livre, para que possa descomprimir depois de uns dias ou semanas mais exigentes. Embora as rotinas não sejam para toda a gente, elas dão consistência quando a vida é mais ocupada (e mesmo imprevisível), como é típico de quem gere o seu próprio negócio.

Sugestões de serviço

8.ª sugestão: lembre-se do serviço ao cliente 

Fotografia de Emily Li

Saltar de uma tarefa para outra numa tentativa de ganhar tanto quanto possível pode ser avassalador. Nessas situações, ajuda respirar fundo e considerar que o seu trabalho torna a vida de clientes mais fácil. Um bom serviço ao cliente implica focarmo-nos na tarefa à nossa frente e oferecer a melhor experiência possível. Podemos estar em conversa amena, a receber comentários ou a terminar uma tarefa: em qualquer situação, é graças aos clientes que construímos um negócio.

9.ª sugestão: escolha a honestidade 

Por mais que tentemos, a vida não corre sempre bem. Como tasker, pode apanhar trânsito, ter conflitos de agendamento ou uma emergência que implique que não consegue terminar uma tarefa. William recomenda uma política de honestidade com clientes quando esses desafios surgem, porque a honestidade, e a comunicação clara em geral, fazem parte de um bom serviço ao cliente.


Ao seguir estas sugestões, pode fazer o seu negócio crescer através da TaskRabbit. A “gig economy” representa uma parte substancial da economia atual. Temos orgulho em ser uma das poucas plataformas que dá a taskers total controlo sobre as suas tarifas por hora (marketplace), categorias de tarefas e horário de trabalho. O essencial é liberdade, flexibilidade e pôr o trabalho a trabalhar para nós. 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s