Instalação Nível 5: tipos de parede

Descobrir o tipo de parede em que vai trabalhar é uma competência essencial em instalações. Embora os nossos taskers de Elite não consigam rever aqui todos os aspetos de construção residencial, dão-nos uma revisão dos tipos de parede mais comuns e das ferragens para cada um. 

  • Estuque: a parede não produz muita lasca ao perfurar.
  • Placa de gesso: produz lasca ao perfurar; cria mais pó. 
  • Cimento: este tipo de parede pode estar escondido por baixo de papel de parede ou tinta. Para confirmar, dê um ligeiro toque à parede com os nós dos dedos primeiro: se a parede for sólida e magoar, é provável que seja cimento. Tenha em conta que, para perfurar cimento ou betão, precisa de um berbequim de percussão e brocas especiais. 
  • Tijolo e alvenaria: o tijolo é relativamente fácil de reconhecer e costuma estar exposto. Dito isto, embora seja raro haver tijolo por trás de estuque, pode acontecer. Se for o caso, ficará a sabê-lo logo na pré-perfuração. Para fazer instalações em tijolo e alvenaria, deve utilizar brocas para betão.
  • Blocos de betão: estão dentro da categoria de alvenaria. Em alguns casos, pode utilizar uma bucha borboleta. 

As ferramentas que deve sempre levar para uma instalação, seja qual for o tipo de parede, são um berbequim e um detetor de materiais.  No entanto, tenha em conta que não conseguirá usar um detetor de materiais com todos os tipos de parede. Continue a ler…

De que é feita uma parede?

  • As paredes são frequentemente feitas de estuque ou outro material de superfície em vigas. As vigas são suportes posicionados na vertical e espaçados a 40-60 cm. 
  • As vigas podem ser de madeira ou de metal. Numa tarefa de instalação, essa diferença é importante.
    • As vigas de madeira são relativamente fáceis: normalmente, têm cerca de 4 cm de largura, o que dá alguma margem de manobra quando se procura o ponto central para perfurar.
    • As vigas de metal são mais estreitas do que as de madeira e também podem exigir um pouco mais de pressão com um parafuso autoperfurante. 
  • Procure encontrar o centro preciso de uma viga de metal antes de aparafusar o suporte, uma vez que não terá muito espaço extra de cada lado do furo.

Estuque sobre vigas de madeira é a parede clássica. 

  • É mais comum em casas e edifícios com menos de 3 andares e em edifícios mais antigos.
  • As vigas encontram-se geralmente nas esquinas das divisões, colocadas a cerca de 40 cm de distância no centro.
  • Cada viga tem cerca de 4 cm de largura e 9 cm de profundidade. O estuque é aparafusado diretamente às vigas.
  • É fácil instalar nesta superfície porque a perfuração é feita diretamente nas vigas de madeira.

É necessário conhecer o tipo de parede para instalar um artigo com segurança. Antes de ir para o local de uma tarefa, saiba sempre o tipo de parede com que irá trabalhar, determine a melhor abordagem com o cliente e leve todas as ferramentas adequadas. Caso não se sinta confortável com algum tipo de parede, inclua essa informação na apresentação; assim, não terá de arriscar anular uma tarefa e afetar a sua Taxa de aceitação. Para saber mais acerca do que esperar ao perfurar diferentes tipos de parede, leia a secção seguinte, Instalação Nível 6: começar a perfurar

One thought on “Instalação Nível 5: tipos de parede

Leave a Reply