5 sugestões para gerir a agenda de um tasker

Uma das grandes vantagens de se trabalhar como tasker é a flexibilidade do horário de trabalho. As únicas pessoas que controlam a agenda dos taskers são os próprios taskers. A procura aumenta ao fim de semana, mas isso não significa que não haja muitas tarefas para fazer durante a semana. Seja qual for a frequência com que decide fazer tarefas, é importante atualizar a agenda para manter estatísticas elevadas e mostrar aos clientes a disponibilidade mais recente.

Reunimos cinco das melhores sugestões para fazer clientes voltar e manter a agenda em dia. Continue a ler para saber mais.

1. Defina a agenda e atualize-a

Pode programar a agenda com um máximo de 17 dias de antecedência. Quanto mais tempo tiver disponível, maior é a probabilidade de receber solicitações para realizar tarefas. No entanto, quanto mais cedo programar a agenda, maior é a probabilidade de ter conflitos que prejudiquem as estatísticas de atividade. Se programar com antecedência, certifique-se de que a atualiza frequentemente para evitar receber tarefas para as quais não tem disponibilidade.

Se surgir um conflito depois de já ter agendado uma tarefa, informe o cliente assim que possível para saber se podem reagendá-la.

2. Monitorize a agenda de tarefas para o mesmo dia

Para garantir que não recebe solicitações para tarefas no mesmo dia logo de manhã, essa opção é desativada automaticamente todos os dias à meia-noite. Para começar a receber tarefas no mesmo dia, vá ao ecrã inicial na aplicação e selecione “Solicitações para tarefas no mesmo dia”. Se ainda não o tiver feito, pode definir preferências específicas para tarefas no mesmo dia, como disponibilidade, mapa da zona de trabalho e categorias. Quer saber mais sobre a disponibilidade no mesmo dia? Veja o vídeo abaixo.

Importante: deve responder a solicitações para tarefas no mesmo dia no prazo de uma hora, por isso, se tiver ativado a opção, verifique regularmente se recebeu notificações.

 3. Ajuste o mapa da zona de trabalho conforme necessário

Além da disponibilidade, é importante definir o mapa da zona de trabalho, que pode definir separadamente para tarefas para o mesmo dia e para outros dias. 

O mapa da zona de trabalho para tarefas no mesmo dia pode ser mais pequeno do que o mapa normal, para garantir que consegue passar de uma tarefa para outra em pouco tempo. 

4. Tenha em conta o trânsito e os transportes

Aparecer a horas para uma tarefa é começar com o pé direito. É um indicador de um bom serviço ao cliente e ajuda a estabelecer uma relação de confiança.

Alguns taskers vão de bicicleta para as tarefas, outros preferem ir de carro e outros usam transportes públicos. Seja qual for o meio de transporte, tenha em conta o tempo gasto no trajeto entre tarefas para que possa cumprir o planeado na agenda. Se houver imprevistos de trânsito, avise o cliente para que ele saiba quando contar consigo.

5. Verifique a agenda depois de reservar uma tarefa. Verifique outra vez

Verificar a agenda depois de reservar uma tarefa permite-lhe avaliar a disponibilidade que ainda tem nesse dia. Algumas tarefas podem arrastar-se, por isso, uma boa prática é ter em conta esses atrasos juntamente com o tempo de deslocação entre tarefas.

Mais ninguém gere a sua agenda. Ela está no centro da sua atividade na TaskRabbit. Quanto melhor a gerir, melhor será a sua experiência — e a dos seus clientes. 

Leave a Reply